conteúdo do menu

Prefeitura Municipal de Formoso do Araguaia

conteúdo principal
conteúdo principal

Água parada é o maior causador dos focos do mosquito Aedes Aegypti

 

Os agentes comunitários de endemias monitoram rotineiramente a cidade um trabalho de campo feito de segunda a sexta-feira por meio de visitas e orientações e mais a borrifação para reduzir a proliferação do mosquito. A equipe também acompanha a zona rural e os assentamentos.


 As ações em combate e controle vetorial do Aedes Aegypti, Dengue, Zika e Chikungunya são feitas sob coordenação da Secretaria Municipal de Saúde. Os agentes visitam os moradores e os orientam a manterem a limpeza dos quintais e não deixar nada que possa acumular água, desta forma evitam os focos do mosquito, transmissor de doenças como a febre amarela urbana e dengue. A equipe também realiza a coleta de larvas e tratamento com larvicida nos locais e a eliminação dos focos encontrados.

 

A diretora de Proteção e Vigilância à Saúde Iracy Barbosa Gomes comentou sobre o apoio da Prefeitura no combate ao mosquito. "Gostaria de agradecer o prefeito Heno Rodrigues que não tem medido esforços através da Secretaria de Saúde para desenvolver as ações no município, precisamos desse apoio e eles estão nos oferecendo todos os materiais necessários para realização das ações contra dengue". Afirmou a diretora.


Ações simples de cada cidadão, mas de cunho preventivo também são necessárias para ajudar no combate ao mosquito da dengue, como tampar os tonéis e caixas d’água, manter calhas sempre limpas, deixar garrafas e recipientes com a boca para baixo, limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia, tampar as lixeiras e manter as lonas sempre esticadas para evitar acúmulo de água.

 

Por Livia Santos

Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Formoso do Araguaia

ANEXOS:

Não Possui Anexos

O site da Prefeitura não utiliza cookies e tecnologias semelhantes.

Ver Termo