Dengue, Zika e Febre de Chikungunya

Vamos tomar as precauções necessárias para a prevenção e o combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e febre de chikungunya. As três doenças são transmitidas pela picada do mosquito, cuja população é considerada endêmica no Tocantins. A única forma de evitar essas três doenças é através da eliminação da água acumulada. Toda a comunidade deve colaborar e redobrar os cuidados em casa, isso porque 80% dos criadouros do mosquito estão dentro das residências. Como prevenir criadouros do mosquito? A melhor forma de prevenção é evitar água parada, onde a fêmea do mosquito Aedes aegypti deposita seus ovos. Para isso basta: - Manter sob abrigo da chuva pneus, garrafas, sucatas, bebedouros de animais e outros depósitos móveis, etc. - Providenciar a vedação de caixas d’água, tambores, tanques, cisternas e poços artesianos. - Retirar qualquer porção de água acumulada em enfeites de jardim e em axilas de plantas, como as bromélias. - Colocar areia em pratos e vasos de plantas para evitar o acúmulo de água. - Vistorie com frequência e mantenha sem obstruções de folhas e galhos calhas e ralos. - Não jogue lixo em terrenos baldios. - Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira sempre bem fechada. - Se for guardar garrafas de vidro ou plástico, mantenha-as sempre com a boca para baixo. - Não deixe a água da chuva acumular sobre a laje e calhas entupidas. - Limpe as calhas com freqüência, evitando que galhos e folhas possam impedir a passagem da água. - Lave pelo menos uma vez por semana com água e sabão vasilhas usadas para guardar água, assim como bebedouros de animais. Isso evita que ovos do mosquito depositados antes da troca da água permaneçam fixados no recipiente. - Piscinas e fontes decorativas devem ser sempre limpas e cloradas. - Sempre que possível evite o cultivo de plantas como bromélias ou outras que acumulem água em suas partes externas ou retire toda água acumulada em suas folhas.