Economia - Formoso do Araguaia

Economia de Formoso do Araguaia

Formoso do Araguaia é o maior município em extensão territorial do Estado do Tocantins e possui o maior projeto de arroz irrigado em área contínua do mundo, totalizando 27.787 ha de várzea, constituída de solos hidromórficos e/ou aluviais, bem como todas as condições climáticas para a obtenção de excelentes produtividades. Com o início dos projetos, começaram os latifúndios, com grandes extensões de terras improdutivas.

Em detrimento disso, intensificaram-se as ocupações de terras, principalmente por pessoas vindas de outras regiões e da Ilha do Bananal e aumentando o número de Assentamento na região. Hoje o município possui 05 (cinco) Projetos de assentamentos com uma área de 53.813,271 hectares de terras e 575 famílias assentadas, eis: Gameleira, Caracol, Pirarucu, Três Poderes e Lagoa da Onça. Estes Projetos de Assentamento tem contribuído muito para a expansão da economia local. As principais culturas dos assentamentos acima citados são: Arroz irrigado (Oriza sativa), com uma área plantada de 2496 hectares; Milho (Zea mayz), com uma área de 684 ha e Mandioca (Manihot esculenta), com 200 ha. Dados levantados pela Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB) na safra de 2004/2005. Nos assentamentos, ainda que com pequenas áreas plantadas e embora nem todos os assentamentos plantem, o montante da produção é significativo, contando que toda a produção do agricultor familiar é consumida e comercializada no município, enquanto que os grandes produtores visam somente à exportação.

Como o município tem boas áreas para a agricultura irrigada faz com que grandes produtores despertem os interesses para investimentos nesta região. O incentivo do governo na época inaugural foi grande valia e muitas cooperativas se instalaram no município para investimentos em cultivo de arroz irrigado, milho, melancia e soja. As cooperativas formadas são: COBRAPE, COOPERFORMOSO, COOPERGRAN e COOPERJAVA, somando uma área de 17.200 ha de arroz irrigado e 300 ha de milho. Dados informados pelo CONAB safra 2004/2005. Devido à falta de preços nos produtos e altos custos de produção, além de endividamento de algumas cooperativas, atualmente permanecem funcionando a COBRAPE e COOPERFORMOSO.

A cultura da melancia tem sido significativa no município, gerando empregos temporários, impáctando diretamente na renda local. Com uma produção anual em média de 112.000 toneladas numa área de 3.200 hectares, destacam–se alguns produtores.

Com a ampliação dos projetos irrigados, foram instalados várias unidades de beneficiamento (secadores e armazéns) para suportar a produção regional, sendo elas: CONAB, COOPERJAVA, CALUMBI, COBRAPE, Verdes Campos, Lagoa Grande, CASETINS, SEVAJA e COOPERFORMOSO. Com a diminuição na produção algumas dessas unidades foram desativadas.

A pecuária também é um setor econômico de grande destaque na região por haver terras alagadas e propícias para a criação de gado de forma extensiva; somando uma média de 1037 produtores com 170.138 cabeças de bovinos de corte e leite. A criação de animais de pequeno porte também é significante somando 301 criadores, com um total de 1790 animais, ovinos são 14 criadores com 943 animais, caprinos 8 criadores com 151 cabeças, aves com 205 criadores e 43.479 unidades e eqüinos 1037 criadores e 3453 animais.

Além disto, o município apresenta grande potencial turístico, possuindo belas paisagens, flora e fauna, tendo a Ilha do Bananal como referência de um ecossistema perfeito ao turismo ecológico e desenvolvimento de pesquisa. Possui diversos recursos hídricos com praias favoráveis ao camping e pesca esportiva, atraindo turistas de várias partes do país e até do exterior, o que fez deste município o primeiro a ser inserido no roteiro nacional. A base da economia é baiscamente a agropecuária, sendo que o turismo vem crescendo a passos largos.

Na cidade existem duas agências bancárias, sendo que uma é do Banco do Brasil (Agência 3123-2), enquanto que a outra é do Banco Bradesco (Agência 2562-3). Já com relação às casas lotéricas, existe apenas uma na cidade (Lotérica Paraíso da Sorte).

VOLTAR